Vela RC Brasil Express

Jornal eletrônico da vela RC brasileira

Expoentes da vela rc

EXPOENTES DA VELA RC BRASILEIRA

Estamos reunindo nesta o perfil dos velejadores, construtores, dirigentes e divulgadores que ao longo dos anos de alguma forma se denotaram por seu trabalho em prol da vela rádio controlada brasileira.

Passanate Catelan Passanante Catellan – SP (* Em memória)
Pelo seu trabalho de reorganizar a vela rc paulistana. Fundou e foi o primeiro comodoro   a APN-Associação Paulistana de Nautimodelismo em 1978.

 

 

fernado-cardoso3Fernando Cardoso – DF (* Em memória)
Pelo seu trabalho de divulgação da vela rc, divulgando a vela rc nos vários  estados praticantes da modalidade, produzindo, editando e distribuindo seu Informativo CCN de  tiragem mensal, desde 1986 até sua falecimento em 1998. Um grande escritor e comentarista, levou a vela rc ao conhecimento muitos e a integração nacional dos velejadores R/C.
Um grande  incentivador e aficcionado pela vela rádio controlada, desde sua primeira participação em 1987 no Brasileiro de M, esteve presente em todos.

John R AstburyJohn Reginald Astbury – SP (* Em memória)
Pelo seu trabalho como sócio fundador da APN, bem  como facilitador na aquisição de novas tecnologias da  vela rc aos novatos e praticantes da modalidade,  velejador entusiasta, a partir dele formou três gerações de velejadores RC. Influenciou de tal forma que seu neto Denis Astbury, hoje um grande construtor e campeão, e hoje nas raias seu bisneto John atua…

Waldemar Dored Waldemar Dored – PR (* Em memória)
Pelo trabalho desenvolvido no Paraná – Curitiba em prol da vela rc, mesmo sendo um  aeromodelista, retornou as suas origens como velejador RC, pois nos anos 50 velejou  na Classe Snipe. Contrutor do veleiro Dick Dick ( casco, mastro e velas). Organizador  do 1º Campeonato Brasileiro de Vela Rádio Controlada – Classe M – 1981.

José Eduardo Vianna – RS (* Em memória)
Modelista nato, iniciou no nautimodelismo por volta do ano de 1972, assumiu a tarefa de reavivar as atividades do CNM- Clube de Nautimodelismo Minuano, lutou por anos pelo crescimento do nautimodelismo Rio Grandense, coordenou por vários anos todos os eventos acontecidos na cidade de Porto Alegre. Foi o primeiro Secretário Geral da UBVRC, atual ABVRC e fundador da mesma no ano de 1982, a vela rc e o modelismo perde um grande incentivador no ano de 2005.

Luiz de Castro – SP (* Em memória)
Velejador de 1X1 classe Star, velejador rc nas classes 20, 1 metro ULY, M – Marblehead, sócio fundador da APN atual APVRC, construtor de veleiros, velas, mastros, birutas e partes e peças. Foi um velejador “fairplay” campeão nas classes M e 1Metro ULY.

 

 William Astbury – SP (* Em memória)
Comandante na classe Star na qual velejou por anos,
dedicou-se a vela rc brasileira a partir de 1983, seja como velejador ou dirigente.
Formou a segunda geração de uma  família velejadores RC, a primeira geração foi iniciada por seu pai John Reginald Astbury, navegou todas as classes RC, chefe da equipe brasileira no Mundial de Mablehead 1986 – Fleetwood – UK. Foi por diversas vezes comodoro da APVRC Associação Paulista de Veleiros RC, bem como, Secretário Geral da ABVRC – Associação Brasileira de Veleiros RC, ocupando este cargo nos deixou subtamente em 2016 quando embarcava para mais um campeonato nacional IOM. 

Pedro Lafitte Stier Neto (* Em memória)
Surge para o senário da vela rc brasileira durante o campeonato brasileiro da classe Marblehead (M) do ano de 1987 em São Paulo, já se destacando dentre os 40 velejadores participantes, chegando na 11º colocação em que pese sua primeira regata oficial na classe. Dai em diante a cada evento despontava como um futuro campeão. Em 1987 tornou-se campeão sul-americano de na classe M dentre 52 participantes – POA, 1990 23º colocado no campeonato mundial de M – UK entre 75 participantes, esta colocação era um feito  inédito sendo esta a melhor colocação de um brasileiro na M Master em mundiais. Muitos outros títulos de seguiram nas classes M, IOM, ULY e RG65, sua classe de maior dedicação e relevante destaque foi a RG65, onde se tornou projetista do Skinny que com este se consagrou bi-campeão mundial. Deixa um legado espalhado pelos Estados Unidos, Europa, American do Sul e Brasil, hoje é perpetuado pelos velejadores do ITC.

 


Franklin Delano Rojda – SP
Antonio Augusto de Souza Lima – SP
Célio Arnaldo de Souza – SP
Eduardo Resende – RJ
João de Deus Assis Filho – SC
Paulo Stier – PR
Fred Schmidt – RN
José Antônio Trias – SP
Ademir Nicaretta – DF
Luis Antonio Dalpogetto – SP
Gustavo Leibovici – SP
Sibylle Buckup – SP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

ABCRG65
ABC1Metro
%d blogueiros gostam disto: