Vela RC Brasil Express

Jornal Eletrônico da Vela RC Brasileira

2019 – Feliz dia Pedro Stier!

Onde quer esteja, queremos sempre lembrar esta data por tudo que você representa para vela rc brasileira e mundial, um legado de vitorias e realizações.

Nasceu em 11 de maio de 1965, prematuramente falecido em 11 de agosto de 2016 aos  51 anos.

Aos 20 anos ao ver uma regata da classe Marblehead no Parque Náutico Iguaçu em Curitiba, ficou fascinado pela beleza plástica dos grandes veleiros da classe Marblehead,  imediatamente despertou seu interesse, nesse mesmo ano de 1985 comprou um veleiro Marblehead modelo Dick Dicks do velejador Jorge Fernando Buchen, iniciando seu legado nesta classe, no ano seguinte 1986 com o mesmo veleiro participou do brasileiro de Marblehead no mesmo local, ainda com o mesmo veleiro em 1987 participou do brasileiro de Marblehead em São Paulo, em 1987 com novo projeto ganhou o primeiro sul-americano a ser realizado em 1989 na cidade Porto Alegre, com uma vantagem de apenas 0,1 pontos (naqueles tempos o sistema de contagem era com pontos de divisão), em que houve a participação de 56 barcos.  Em 1990 com o mesmo veleiro foi o 23º colocado no campeonato mundial da classe Marblehead.

Colecionou vários títulos nas diversas classes praticas no Brasil:
– Sete títulos brasileiros  na classe Marblehead (1991 / 1998);
– Quatro títulos sul-americanos na classe Marblehead (1986/ 2000);
– Quatro títulos sul-americanos na classe 1Metro ULY (1999 / 2008);
– Seis títulos brasileiros classe 1Metro ULY (2001 / 2011);
– Cinco títulos de campeão brasileiro da classe RG65 (2007 / 2016);
– Um titulo brasileiro na classe IOM – 2010;
– Dois títulos mundiais na classe RG65 (2010 e 2014).

No Campeonato Argentino de RG65 em 2002 participou com um barco emprestado, com o qual se classificou em terceiro. Então seu tio Paulo Stier constrói varias cópias e se mantem competindo na classe colecionando vitórias, até que nasceu a preocupação de desenvolver projetos próprios, porque observou a evolução da classe em novos projetos mais modernos e eficientes. Foi assim que chegou ao seu primeiro projeto, o “Stinger”, com o qual ganhou a primeira Copa do Mundo em 2010.

O que mais atraia Pedro Stier eram as regatas, mas também gostava de projetar novos veleiros, construir e trima-los, momentos em que mergulhava de cabeça e sentia-se bem..

O resultado deste trabalho, até hoje foi ter colocado seus veleiros no mercado brasileiro, argentino e chileno, e em muitos países da Europa, como Portugal, Itália, França, Espanha, Inglaterra, EUA e outros.

Após sua vitória no mundial de 2014 com o novo modelo Skinny, foram encomendados 28 veleiros para entrega no mesmo ano…

Amor!

Eu acho que velejar um RC é algo muito especial, fascinante e que traz boa sensação, para cujas melhores práticas e, mais importante navegar com domínio, navegar e navegar ( horas de voo )para chegar a acumular o máximo de experiência. Não é tão importante ter o último dos desenhos, por outro lado é muito mais importante o domínio do seu barco, conhecer suas características em diferentes ventos e saber prepará-lo rapidamente. Outro aspecto que eu acho importante é que os peritos passar seus conhecimentos para os outros e menos avançados e não os seus segredos são mantidos, assim ajudar a elevar o nível de todos e habilidades tornam-se muito mais interessante, quanto maior o desafio de alcançar bons lugares e que sobe o apelo geral. Os timoneiros que não entregam nada, que até escondem seus barcos e os preparam para longe dos outros, não contribuem em nada para o desenvolvimento de toda a flotilha. Outro aspecto são as regras, navegando em grupos, ou mesmo entre 2 e 3 melhores barcos, alguma discussão pelas regras podem ocorrer, pare de corrida e esclarecer o assunto antes de continuar competindo. Assim, todos aprendem e o nível de conhecimento aumenta para o benefício da flotilha.”

Amizade!

“Tantos amigos dedicados ao RC navegando no mundo, incluindo os muitos que eu tenho no Brasil, Chile e Argentina, o que sempre me dá muita alegria ao vê-los de novo, isso é algo muito bom, não gostaria de perdê-los nunca!”

Pedrinho, estas declarações representam todo o carinho que você tinha pela vela e velejadores rc!

 

2 comentários em “2019 – Feliz dia Pedro Stier!

  1. Heloisa Stier
    11/05/2019

    Obrigada pelo carinho de todos !
    Pai está cuidando e torcendo por vocês lá de cima! Podem ter certeza .

    Curtir

  2. Lu Stier
    11/05/2019

    Linda e merecida homenagem. Muito obrigada. Em algum lugar muito feliz ele está recebendo esse carinho dos amigos 🙏🏻.

    Curtir

Os comentários estão desativados.

Informação

Publicado em 11/05/2019 por em Uncategorized.
%d blogueiros gostam disto: